Início » Pesquisar » As Lições de Ram Charan

As Lições de Ram Charan

Ram Charan é doutor pela Harvard Business School, escola onde também lecionou. Recebeu prêmios por ser um excelente profissional na área de educação executiva. Orientou diversos CEOs de sucesso no mundo durante 35 anos, entre eles Jack Welch, ex-presidente da GE, e escreveu 13 best-sellers nas áreas de liderança e gerenciamento.

Durante o Fórum HSM de Gestão e Liderança, evento realizado em São Paulo no qual palestrou, não ficou parado no palco; circulava entre as fileiras do teatro, indo para frente e para trás, gesticulando e falando. Quando pedia para os executivos presentes debaterem alguma questão entre si, ficava quieto, cruzava as mãos atrás do corpo, a barriga para a frente, andava devagar com um olhar calmo e determinado, como um treinador de um time.

Essa, aliás, foi a metáfora mais utilizada por ele. A gestão é como o esporte, e ser um líder é como ser um atleta: para ser bom é necessário treino, muito treino. Simplificar questões complexas com didatismo é uma de suas características mais celebradas. Seu método é simples: Charan basicamente faz perguntas e formula hipóteses; conta histórias para exemplificar; e disso elabora uma regra geral e um esquema. Por isso, talvez a forma mais fiel de narrar a sua palestra seja por meio dos esquemas que ele mesmo utilizou.

1) Quais são as características atemporais dos líderes?
2) De que maneira o mundo está se reajustando? (As 5 tendências inexoráveis para o futuro)
3) Quem são os líderes hoje?
4) Quais as estratégias de um líder?

1) Quais são as características atemporais dos líderes?

a) Inspirar os outros a cada encontro. Charan acredita na troca de energias entre um líder e seus funcionários.
b) Jamais ser obsoleto. “O Brasil deve crescer muito nos próximos anos; não deixe de crescer com ele, ou ficará para trás”, diz.
c) Verificar tendências externas. “Leiam o Financial Times e o Wall Street Journal, mesmo que por apenas 20 minutos”, aconselha.
d) Crescer com seus colegas. Se seus liderados forem capazes, seu alcance como líder será maior; treine-os, dê feedback a eles.
e) Ter um sucessor em mente. “Se não tiver quem o suceda em mente, o líder vai ficar preso às atribuições rotineiras; se ele souber quem pode substituí-lo, vai poder se dedicar a atividades de excelência”, afirma Charan.

2) De que maneira o mundo está se reajustando? (As 5 tendências inexoráveis para o futuro)

a) Há 1 bilhão de pessoas no mundo saindo da linha de pobreza e virando consumidores. “Com o crescimento de países como China, Índia e Brasil, estamos vendo a transferência de riqueza para o hemisfério Sul, e logo haverá mais pessoas para consumir, mercados em ascensão”, diz Charan.
b) A comunicação entre as pessoas, com a tecnologia, vai aumentar continuamente.
c) Haverá um aumento de transações e negócios pela internet.
d) É crescente a preocupação com a saúde e o bem-estar no mundo inteiro.
e) Vai se intensificar a competição internacional por recursos naturais de importância. “Veja a importância crítica do lítio, por exemplo, usado em baterias recarregáveis”, exemplifica.

3) Quem são os líderes hoje?

“Os líderes devem ser os arquitetos da estratégia. O presidente da Nokia visitou a Índia e previu ali um enorme mercado de comunicações em potencial. Sabia que para ter sucesso ali, teria que dominar o mercado e criar um aparelho barato. Chamou 12 funcionários top da empresa: 3 da Finlândia, sede da empresa; 3 da China, especializados em aparelhos baratos; e 6 da Índia, porque conheciam melhor o mercado. ‘Quero um aparelho que domine o mercado e que custe menos de US$ 30. Vocês têm seis meses para criá-lo’, disse o presidente. Eles conseguiram. Hoje a Nokia tem 73% do mercado local, um volume de mais de US$ 30 bilhões.”

4) Quais as estratégias de um líder?

a) Antecipar mudanças externas. “A cada reunião de funcionários, reserve cinco minutos para apresentar, contar e explicar uma mudança externa. Não precisa ter a ver com a sua área de atuação, mas deve ser uma mudança. Depois, discuta rapidamente essa mudança com os funcionários em três passos”, diz ele, e exemplifica.
Na época do surgimento do Napster. Primeiro passo, a mudança física: conte que há uma empresa cuja plataforma permite a troca de arquivos on-line. Todos poderiam baixar qualquer música, filmes e arquivos de qualquer lugar. Segundo passo, a mudança social: os consumidores aderiram em massa à rede e gostaram da possibilidade e conveniência de baixar as músicas em casa. Quem ganha com isso? O consumidor. Quem perde com isso? As gravadoras. Terceiro passo, a mudança criativa: como seria possível tornar isso um negócio? Quem respondeu a essa pergunta foi a Apple, em 1997. A loja on-line de música e vídeo da empresa, a iTunes Store, fundada em 2003, já ultrapassou 10 bilhões de downloads de faixas de músicas. Discutir esses casos com a equipe ajuda a ficar de olho em mudanças externas e interpretá-las, saber o que elas podem influenciar. Se você fizer isso com frequência, a equipe estará sempre atenta e disposta a discutir. Mas você não deve levar mais do que cinco minutos apresentando, e nem mais do que cinco minutos discutindo.

b) Conhecer o próprio negócio, e estabelecer suas prioridades com relação a ele. “Os vendedores ambulantes são a maior comunidade de executivos no mundo. Eles sabem a importância do caixa, e que se não tiverem um saldo positivo naquele dia, não vão jantar naquela noite. A questão é simples: você ganha dinheiro com a margem de lucro. Se não consegue aumentar a margem, vai ter que vender mais rápido – isso significa aumentar a velocidade de giro do estoque.
A Dell, fabricante de computadores, como todas as empresas, começou pequena. Como não produzia em grandes quantidades, não conseguia aumentar muito sua margem de lucro sem perder mercado. Sua alternativa foi aumentar a velocidade de giro de estoque. Em 1993, a empresa valia US$ 3 bilhões e tinha velocidade de giro de estoque razoável. Em 2009, a velocidade aumentou mais de 1000%, e a empresa hoje vale US$ 60 bilhões. Intensificar o giro de estoque é positivo também porque você vai precisar de menos capital de giro.
A Apple, por outro lado, usa a margem de lucro. Para aumentá-la sem perder participação no mercado, você deve investir em novos produtos, em produtividade e em inovação, diferenciando-se do mercado existente. A margem de lucro de um computador Mac é 34%, enquanto a média dos outros modelos no mercado é 18%. A Apple vende menos, mas mantém seu faturamento por conta da alta margem de lucro, e pode fazer isso por causa da experiência de uso única de seu computador.”

c) Conhecer sua equipe de funcionários, e estabelecer suas prioridades com relação a ela. “Com isso em mente, é possível saber qual a estratégia da empresa, e que tipo de profissional é valioso para ela. Contratar um funcionário é como ser um treinador de um time. Veja quais são os talentos positivos da pessoa; se eles forem desejáveis para a vaga, não se preocupe com as características negativas do funcionário, elas poderão ser superadas. Se você não tiver bem claro qual o foco da empresa, pode contratar um funcionário que é bom, mas não para aquele cargo ou aquela função. E não vai adiantar de nada. É essencial ter as pessoas certas nos lugares certos.”

d) Fazer avaliações trimestrais de desempenho. “É importante fazer revisões de desempenho, com uma boa periodicidade. Tanto para avaliar sucessos quanto para justificar fracassos, deve-se prestar atenção em três fatores: os seus funcionários; a colaboração interna; e a colaboração externa.”

e) Ter hábitos dos executivos de fato. Os hábitos que são essenciais em um líder são: foco, fechamento e acompanhamento.

I) FOCO: Fique concentrado em poucas coisas. Se tentar fazer tudo ao mesmo tempo, vai fracassar;
II) FECHAMENTO: Jamais encerre uma reunião sem um fechamento. Atribua responsabilidades. Retome as responsabilidades, o que cada um vai fazer, qual é o prazo e quando será a próxima reunião;
III) ACOMPANHAMENTO: Acompanhe o desenvolvimento de todas as atividades planejadas.

“Não existe nada de novo no que eu falei. Simplesmente pratiquem, treinem, e alcançarão o sucesso. Obrigado.”

Impulsione Seus Negócios: consulte um especialista agora mesmo!

Fale Conosco

Saiba mais em: Matérias & Reportagens

Páginas mais visitadas:

Gráfica Muito Mais Barata – Tabela de Preços l Site Nota 10 – Criação de Sites l Lojas Virtuais l Comunicação Visual l Fotos Profissionais l Criação de Marcas de Sucesso – Criação de uma Identidade Visual Vencedora l Impulsione Seus Negócios: Matérias & Reportagens l Os Melhores Sites do Brasil: Portfólio do Site Nota 10 l Fale Conosco