Início » Pesquisar » Planejamento empresarial e a Lei de Pareto

Planejamento empresarial e a Lei de Pareto

“O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões no presente” Peter Drucker

Manter uma empresa de pequeno porte pode ser apenas uma questão de planejamento. Pelo menos esta é a base para sustentá-la. A conclusão é do professor Josir Simeone Gomes, coordenador do MBA executivo em gestão de negócios do Ibmec Business School, que elaborou regras práticas para fazer um pequeno negócio dar certo.
Há dez anos estudando o caso de empresas familiares que quebram, Gomes criou cinco orientações para os micro e pequenos empresários. A primeira é ficar de olho no mercado em que se pretende investir, em especial nos concorrentes. A segunda, saber o momento certo para abrir o empreendimento.
Avaliar se tem conhecimento para tocar o projeto e se capacitar é outro requisito considerado fundamental pelo professor. Assim como garantir que o negócio apresente algo a mais ao mercado. e calcular o fluxo de caixa antes de abrir as portas.
“ O maior problema está na falta de capacitação gerencial. Muitos empreendedores se lançam no negócio na base do entusiasmo e do modismo, sem avaliar sua viabilidade” – diz Gomes, frisando que mais de 70% das pequenas empresas brasileiras fecham as portas logo no primeiro ano de existência.

Planejando seus negócios segundo a Lei de Pareto

“É necessário pautar nossas vidas e nossos negócios pela Lei de Pareto”.
O que é a “Lei de Pareto”?

20% de nossas ações são responsáveis por 80% de nossos resultados;
20% de nossos clientes são responsáveis por 80% de nossas vendas;
20% de nossos vendedores são responsáveis por 80% de nosso faturamento;
20% de nossos produtos são responsáveis por 80% de nossos ganhos;
20% de nossos fornecedores são responsáveis por 80% de nossa linha de produtos;
20% de nosso trabalho é responsável por 80% de nosso sucesso;
Portanto, devemos estar focados nesses mágicos 20% para ter realizações eficazes.
É o que afirma o importador Mustafá Halili: “Muitos pequenos empresários gastam muito tempo e energia com negócios que não representam nem 20% do seu faturamento, enquanto que deixam de atender muito bem os clientes que são responsáveis por 80% dos seus negócios.”

Essa tese é confirmada por Flávio Del Puente, consultor em marketing: “O novo empresário tem tanta gana de conquistar mercados e clientes que gasta boa parte de seu tempo com negócios que têm pouca representatividade, perdendo oportunidades de ouro que determinariam o sucesso de seu empreendimento. É o que chamamos de desconcentração em marketing.”

Impulsione Seus Negócios: consulte um especialista agora mesmo!

Fale Conosco

Saiba mais em: Matérias & Reportagens

Páginas mais visitadas:

Gráfica Muito Mais Barata – Tabela de Preços l Site Nota 10 – Criação de Sites l Lojas Virtuais l Comunicação Visual l Fotos Profissionais l Criação de Marcas de Sucesso – Criação de uma Identidade Visual Vencedora l Impulsione Seus Negócios: Matérias & Reportagens l Os Melhores Sites do Brasil: Portfólio do Site Nota 10 l Fale Conosco