Início » Pesquisar » O crescimento extraordinário das marcas próprias

O crescimento extraordinário das marcas próprias

O consumidor brasileiro experimenta os produtos por causa da boa qualidade e do baixo preço. Hoje, a marca própria já entra em mais de 30 milhões de casas no país.

“O fenômeno começou nas gôndolas dos supermercados, e hoje é uma realidade para inúmeros negócios: de lojas de presentes a farmácias homeopáticas” – afirma Ricardo Afonso, consultor do Sebrae.
No começo da década de 90, as marcas próprias eram de grandes redes de supermercados que lançavam suas marcas em produtos como massas de tomate, refrigerantes e biscoitos.
No ano 2000, lojas de pequeno e médio porte já podiam contar com esta bem sucedida experiência de Marketing: “Nessa época a Alto Astral Presentes já oferecia toda a linha de aromaterapia para que os lojistas colocassem suas próprias marcas: de sais de banho até incensos, dos óleos essenciais até as velas para rechaud” – relata Flávio Del Puente, responsável pelo marketing da empresa, que além de oferecer os produtos com o nome da loja do cliente, ainda oferecia toda a infra-estrutura de marketing – da criação da embalagem até os expositores com a marca do cliente. “O setor de marcas próprias já respondeu por 45% do nosso faturamento” – confidencia o “marketeiro” da empresa. Com todas as transformações do mercado, a Alto Astral Presentes se tornou as Velas Alto Astral, e continua oferecendo as velas para rechaud com a marca da loja do cliente.

O baixo preço é a única vantagem para o consumidor?
Pelas entrevistas realizadas, tudo indica que não. “A marca própria de uma loja é garantia de qualidade: nenhum lojista de renome vai sacrificar seu nome por um produto que não seja o melhor do mercado” – diz Cláudia Nascimento, consultora de marcas. Essa percepção do consumidor demonstrou ser verdadeira: só empresas com o compromisso de qualidade atuam neste setor.

“Nós criamos a certificação Abmapro pra fornecedores de marca própria e terceirização, onde nós buscamos a harmonização dos critérios mínimos e necessários pra que o fornecedor possa ser aprovado para fabricar marcas próprias”, afirmou Neide Montesano, presidente da Abmapro.

Quais as vantagens da marca própria para o lojista?
A maior vantagem é, sem dúvida, a fidelização – o consumidor sabe que só naquela loja poderá encontrar aquela marca: o consumidor acaba se tornando fiel à loja e à marca própria de uma maneira natural. “É cômodo para o cliente saber que naquela loja ele sempre vai encontrar o produto que conquistou sua confiança” – afirma Flávio Del Puente.
Outra vantagem é a contínua divulgação da marca da loja: onde quer que o produto esteja, ele vai divulgar o nome do estabelecimento comercial. Além do produto em si não precisar de um grande investimento em marketing (ele traz consigo toda importância da loja que o vende), ele se torna um veículo de propaganda da marca. “Conquistei muitos clientes novos através dos produtos com a nossa marca” – afirma Sueli Costa, lojista do ramo de presentes.

Impulsione Seus Negócios: consulte um especialista agora mesmo!

Fale Conosco

Saiba mais em: A Importância das Marcas*

Páginas mais visitadas:

Gráfica Muito Mais Barata – Tabela de Preços l Site Nota 10 – Criação de Sites l Lojas Virtuais l Comunicação Visual l Fotos Profissionais l Criação de Marcas de Sucesso – Criação de uma Identidade Visual Vencedora l Impulsione Seus Negócios: Matérias & Reportagens l Os Melhores Sites do Brasil: Portfólio do Site Nota 10 l Fale Conosco