Início » Pesquisar » Quando a empresa cresce um pouco, sempre enfrenta uma crise financeira

Quando a empresa cresce um pouco, sempre enfrenta uma crise financeira

Por Peter F. Drucker

A primeira regra a ser seguida quando se pensa em abrir uma pequena empresa é levar em conta que não existe uma regra geral. Não se deve olhar apenas para os setores que, aparentemente, oferecem maior oportunidade de negócios.
O primeiro passo é examinar o mercado local ou as oportunidades locais específicas. É bom que se saiba que não existem dois lugares que sejam remotamente semelhantes.
Depois, o empreendedor deve examinar quais são seus pontos fortes e os setores de atividade nos quais possui mais conhecimento. em seguida, tenta-se equacionar as duas coisas.
Um exemplo de como um setor pode ser considerado por uns e desconsiderado por outros foi o que aconteceu com a indústria de roupas – uma indústria do início do século 19. Na época, nada poderia ser mais antiquado e mais “ontem” que investir nesse ramo de atividade.
No entanto, os grandes sucessos varejistas dos últimos anos – Benetton, Gap, entre outros – foram justamente as indústrias de roupas. Mas muito diferentes das lojas de departamento tradicionais ou das chamadas “butiques da moda” tradicionais. Por outro lado, 97 em cada 100 empresas de software nos Estados Unidos não sobrevivem ao seu primeiro ano de vida.

Existem quatro pontos que normalmente trazem problemas para uma nova empresa:

1ª Crise

O primeiro é quando ela começa a dar certo. Nessa fase, a nova empresa geralmente descobre que o mercado não está onde seu fundador achou que estaria.
Depois disso, o fundador frequentemente se recusa a aproveitar as oportunidades que existem, e insiste que sua ideia original tem que estar certa – e com isso afunda a empresa.

2ª Crise

A seguir, quando a empresa cresce um pouco, ela sempre enfrenta uma crise financeira. em uma empresa nova, o crescimento não produz dinheiro, e sim devora dinheiro.
Esta fase é previsível – e se for tratada antes de assumir proporções de crise, normalmente é possível impedi-la. A empresa que espera até encontrar-se em crise financeira pode não sobreviver, ou então pode descobrir-se permanentemente danificada

3ª Crise

O terceiro ponto é que muito antes de a nova empresa assumir dimensões de média empresa, ela precisa de uma equipe administrativa organizada, ou então desabará porque não conseguirá suportar seu próprio crescimento. O momento exato para se organizar essa equipe é antes de sua necessidade se manifestar.

4ª Crise

Finalmente, o fundador-empreendedor de uma empresa bem-sucedida precisa decidir qual deve ser seu próprio papel. Quando a empresa atingir uma dimensão média, ela não poderá mais ser dirigida apenas por ele.

Todas as empresas que cresceram até atingirem dimensões médias e obtiveram sucesso tiveram que ultrapassar esses quatro pontos de crise

Na era dos novos negócios, a pequena empresa terá o papel de sempre. Ou seja, haverá tantas pequenas empresas quanto antes, sendo que a maioria delas estará lutando, na melhor das hipóteses, para sobreviver. Nenhuma diferença em relação a hoje.
A mudança no cenário dos negócios do futuro, será a crescente importância de empresas de dimensões médias e altamente focalizadas, e a rápida redução da importância e da lucratividade das grandes empresas – especialmente das empresas diversificadas.

Peter F. Drucker, conhecido como o “Pai da Administração Moderna”, é consultor e presidente honorário da Fundação Peter Drucker.

Impulsione Seus Negócios: consulte um especialista agora mesmo!

Fale Conosco

Saiba mais em: Matérias & Reportagens

Páginas mais visitadas:

Gráfica Muito Mais Barata – Tabela de Preços l Site Nota 10 – Criação de Sites l Lojas Virtuais l Comunicação Visual l Fotos Profissionais l Criação de Marcas de Sucesso – Criação de uma Identidade Visual Vencedora l Impulsione Seus Negócios: Matérias & Reportagens l Os Melhores Sites do Brasil: Portfólio do Site Nota 10 l Fale Conosco